26 de set de 2010

My guardian angel .






Angel - Katherine Jenkins

Ele caminhou silenciosamente até mim , eu o vi com suas asas negras e incrivelmente grandes , nunca antes tão reparadas por mim , aquela transformação genética e os implantes eram assustadoramente bons mesmo .

Um arrepio percorreu meu corpo quando vi em seus olhos uma chama se apagando junto com a tristeza que ele carregava , e eu soube que ele veio se despedir .

Uma lágrima me escapou dos olhos , era quente e precisa , eu estava sentada no terraço da corporação olhando a vista , ele se aproximou se agachando ao meu lado , senti seus dedos repousarem sobre minhas mãos trêmulas pelo frio , e pela dor .


- Não chore , Joanne . - Sua voz era tão reconfortante , e então me perguntei "Como poderia viver sem ele ?" - Eu estarei ao seu lado apesar de ter cumprido minha missão .


- Não , você não estará , eu sei que outro virá em seu lugar e depois outro , e outro . - Eu disse com a voz embargada e com uma crescente dor no peito .


- Me desculpa , mas não posso desobedecer as ordens . - Ele deu um suspiro pesado e retirou sua mão de cima da minha se levantando . - Eu a partir de agora não sou mais seu guardião , já descumpri uma das ordens me aproximando de você ... mais do que devia .


Ele estendeu a mão para mim , aos olhos de outra pessoa aquilo era o sinal de que ele oferecia a mão para me ajudar a levantar mas além da ajuda aquilo significava que perderia meu colar protetor , o arranquei sem dó do meu pescoço sentindo cortar a pele levemente , aquela dor de nada se comparava a dor que carregava em meu peito .


- Você nem é anjo de verdade , Zack ! Como assim ordens ? Quem seus superiores pensam que são ? Deus ? Pois eles não são ! Eles não podem mandar em você e nem em mim , não quero essa transformação idiota . - Deixei meu orgulho de lado e me levantei me aproximando dele , eu o amava tanto que não poderia me imaginar sequer sem ele , eu não podia perdê-lo sem ao menos lutar . - Olhe para mim , me diga que não sente nada por mim e então eu irei fazer essa transformação , mas caso contrário eu desobedeço as ordens dos meus pais , não faço essa experiência idiota , e poderemos fugir juntos.


- Joanne , eles me modificaram geneticamente , eu carrego uma espécie de chip que corre em meu sangue , não importa onde eu estiver , eles irão me encontrar , eu pertenço a eles e por isto não posso te pertencer . - Ele acariciou meu rosto levemente e deixou um sorriso escapar de seus lábios . - E ... não amo você , não o suficiente para lutar contra eles e fugir . Eu fui escolhido para te proteger , você foi inscrita em uma lista há alguns anos atrás e agora é uma das escolhidas pra próxima transformação , você está segura , até a sua transformação tenho certeza que estará segura na corporação , meu papel termina aqui .


Olhei para o colar pousado em minha mão com o pingente com o nome Zack nele , fechei meus olhos fortemente sentindo lágrimas escorrerem como jatos quentes , eu o perderia para sempre , perderia o "anjo" que há 8 meses atrás encontrou a mim sozinha , esquecida em uma casa no interior da Inglaterra e me trouxe para Los Angeles , para a sede da Corporação Genetic , depois de uma explicação simples e breve de que meus pais haviam me deixado um legado de ser um experimento eu o segui , mesmo sem tê-lo visto uma vez antes sequer , porque eu soube desde o primeiro instante que eu poderia confiar nele .

Seguimos juntos , ele me ensinando técnicas de luta , me protegendo cada vez que surgia algum imprevisto no caminho , seguimos juntos demais , e então aconteceu nos apaixonamos , ou talvez só eu me apaixonei , eu acho . E então , quando chegamos em Los Angeles eu soube que ele ficaria longe de mim , ele me disse que não pertenceria mais ao grupo de protegidos dele , o que ele não imaginava e ainda não imagina é que já pertenço a ele , de todo coração .

Voltando a realidade , sorri levemente tentando conter as lágrimas , inutilmente já que elas desciam cada vez com mais facilidade , estendi minha mão entregando pra ele o colar que me retirava do grupo de proteção dele , o que estava por trás daquele colar era que assim que eu o entregasse , Zack não se lembraria mais de mim , mais um dos truques idiotas da corporação , por isso relutava tanto em entregar , mas eu não tinha mais escolha , não depois de ouvi-lo dizer que não me amava , não o suficiente pra renegar tudo aquilo e ser meu para sempre .


- Obrigada , Zack . - Ele vendo as lágrimas caírem intensamente se aproximou e depositou lentamente um beijo leve em meus lábios , que tratei de aprofundar , queria aproveitar cada instante que ainda me restava com ele . Depois de alguns instantes ele se afastou segurando firme minha mão onde estava o colar . - Eu te amo .


- Eu estarei com você , acredite em mim , minha Joanne . - E então ele se foi , assim que ele retirou o colar da minha mão foi como se eu tivesse sido engolida por uma luz estranha e azul , era como se recebesse uma estranha anestesia , foi então que apaguei .


Tinha preparado outro post mas não sei o que me deu me deu vontade de escrever esta história , surgiu do nada e achei que merecia vir pro blog , depois posto o outro post programado :) Beijos e prometo não demorar a postar de novo desta vez HSDU