10 de mar de 2011

Lágrimas para o bem.


Hoje eu tentei sorrir, simplesmente para amenizar as dores que batiam causticantes em meu peito, mas coitada de mim, apenas fiquei em prantos deitada no tapete verde formado pela grama baixa, sentindo as gotas do orvalho molharem minhas costas, e as grossas lágrimas escorrendo pelo meu rosto.

"Porque não deixei para depois? Porque não deixei de lado? Porque não ouvi os conselhos de quem se dizia sábio?", pensei comigo mesma. A verdade é que a história toda simplesmente foi pra um rumo que já tinha ouvido falar, o do desespero de ter perdido. Eu sei que quando o assunto parte pro lado sentimental não adianta tentar fugir, a coisa pega a gente mesmo, de tal forma que seus pés e mãos se entrelaçam e te prendem a teu próprio mercê. Somos feitos de carne e osso, esperamos mais do que podemos ter, acreditamos mais do que realmente deveríamos. Sofremos por nossa própria culpa, no fim das contas, criando expectativas em vão, e é como li em uma frase “A expectativa é a raiz de toda mágoa.

Me entreguei de coração pra todos os anseios do meu corpo, em busca de um sorriso, de um afago na alma, e verdadeiras intenções de afeto, me enganei mais uma vez e reconheço que é hora de desistir, preciso espalhar minhas lágrimas por terras secas em busca de novas flores e sorriso para o meu campo.



Nem sei se hoje é o melhor dia pra escrever, não to me sentindo muito bem porque acabei de perceber que teria de tomar uma decisão que estava adiando, que era desistir de algo que desejava muito. Desistir nunca é fácil, ainda mais quando se deposita tanta fé em uma coisa e sai tudo diferente do que se esperava né? Mas temos de ser fortes e corajosos pra desistir antes que fique pior, que corações sejam espicaçados e jogados ao vento.

Tô muito feliz apesar de tudo, comecei minha faculdade tão desejada há duas semanas atrás e tô amando, meu aniversário passou e eu até cheguei a fazer um post pro dia mas fiquei meio desanimada depois pra postar, desculpem meu sumiço, agora que comecei a faculdade pode até piorar, mas eu vou tentar atualizar sempre . Agradeço o carinho de vocês que comentam sempre, obrigada mesmo :*

Ps: A frase que citei no texto me parece ser do William Shakespeare, mas há controvérsias, então preferi não citar a autoria da mesma no texto.

7 ♥ Comente !:

Looly disse...

Tudo bem, cá estou a comentar no teu blog amiga *-* KKK sério que gostou do meu pseudo-texto? haha ultimamente, estou escrevendo mais, me inspirei na minha melhor amiga linds haha <3 Enfim, acho que nem preciso comentar sobre o seu texto né... Mas fiquei com uma sensação estranha aqui, não sei explicar, me senti totalmente inútil e longe de você. Anyway, fiquei curiosa para saber que decisão é essa que você terá que tomar amiga :S E poxa, até hoje sua carta não chegou, estou em depressão aqui já mimimi :/
Sinto sua falta mais do que tudo e te amo demais <3

Juliana disse...

Adorei o post, de verdade. E a frase também, nunca tinha ouvido, mas concordo plenamente =D

Fico feliz por ter começado a faculdade... deve ser perfeito...

XOXO
-Rustling.guiltyluv.org

Tiêgo R. Alencar disse...

O título super combinou com o texto. Lágrimas de superação, mesmo que devagar, são as melhores que existem!

Um beijo, diva :* Você arrasa muito, tô com saudade de você aqui, nos seus textos :/

em disse...

Tem um selo pra vc no meu blog

Blog: Sun and Rain
Link: http://www.dennysfontes.co.cc/2011/03/premiado-com-um-selo.html

Jana disse...

Olha, eu penso que é melhor soltar as mágoas e decepções chorando do que se fazer de forte, sabe? Colocar tudo pra fora, enxugar o rosto e seguir em frente! ;D

P.s.: que nada! Tá difícil, menina. Estou quase desistindo dessa música e me contentando em só ouvir sem saber quem canta. hauhsuhas

Beijos, Bai ;*

Olga Juliana disse...

eu A D O R E I seu blog!
sem mais.

Tiêgo R. Alencar disse...

CADÊ VOCÊ DAQUI, MUSAAAAAAAAAAAAA

Postar um comentário